Tratamento endovascular de aneurisma periféricos

O QUE É UM ANEURISMA?

Um aneurisma é uma protuberância localizada numa artéria causada por enfraquecimento, que pode ser um resultado de aterosclerose, infecção ou lesão da parede arterial. Um aneurisma periférico é o que não está localizado na aorta. Ele geralmente ocorre na artéria poplítea em sua perna, mas também pode estar localizado em outras artérias.

COMO O PROCESSO FUNCIONA?

radiologista intervencionista acessará a área afetada, inserindo os dispositivos para o procedimento em uma artéria na virilha, e vai usar métodos de imagem para orientação dos dispositivos até o aneurisma. Há um número de opções de tratamento que vai depender da localização e do formato do aneurisma.
Uma opção possível para tratamento endovascular dos aneurismas periféricos é usar um stent recoberto na artéria para cobrir a área acometida pelo aneurisma. Alternativamente, o espaço dentro do aneurisma pode ser preenchido com material embólico (tais como pequenas molinhas ou cola), que impede o fluxo de sangue para o aneurisma. A outra opção possível é bloquear o fluxo de sangue para o aneurisma.

POR QUE FAZER ISSO?

É importante o tratamento de aneurismas porque eles podem se romper e causar hemorragia grave. Coágulos podem se formar no espaço dentro do aneurisma e, em seguida, moverem-se, bloqueando ou restringindo o fluxo de sangue em outras áreas. Aneurismas também podem comprimir os nervos e veias, levando a dor, dormência e fraqueza.

QUAIS SÃO OS RISCOS?

Existe o risco de complicações no ponto de entrada para o procedimento, incluindo sangramento, outro aneurisma e a possibilidade de ferir um nervo. Os materiais usados no processo podem deslocar e bloquear outras artérias.