Trombose venosa profunda (TVP)

Trombose venosa profunda (TVP)

Sistemas:CirculatórioProcedimentos:DrenagemTécnicas pediátrica de Radiologia Intervecionista

Visão geral

Trombose venosa profunda (TVP) ocorre quando se forma um coágulo em uma das suas veias profundas, mais comumente nas pernas. Isso pode conduzir a uma embolia pulmonar, o que significa que o coágulo se deslocou para os pulmões e obstruiu uma artéria, que é uma complicação potencialmente ameaçadora da vida.

Sintomas

Os pacientes com TVP podem não ter quaisquer sintomas perceptíveis. Você pode, no entanto, apresentar sintomas na área afetada, tais como: dor, inchaço, calor, mudanças em sua cor da pele (tais como vermelhidão ou mudar para azul), inchaço das veias que estão perto da superfície do seu corpo. Além disso, você pode aumentar a temperatura corporal.

Os sintomas de uma embolia pulmonar variam dependendo de quão grande é o coágulo e de quão bem o seu coração está funcionando. Os pacientes podem ter dificuldade de respirar e sentir dores nas costas. Outros sintomas incluem reações com risco de vida, tais como choque cardiogênico (quando o coração já não é capaz de bombear sangue suficiente) e hipoxemia grave (baixos níveis de oxigênio no sangue).

Diagnóstico

Um médico pode diagnosticar TVP através de ultrassom com Dopplerou tomografia computadorizada. Também pode ser necessário, para o médico, realizar outros procedimentos de imagem, como a angio-TC, para descartar ou avaliar o risco de uma embolia pulmonar. Isso envolve a injeção de meio de contraste na veia para realçar os vasos sanguíneos que transportam sangue do coração para os seus pulmões. Também pode ser feita uma arteriografia das artérias pulmonares, que permite identificar com bastante precisão a localização e o tamanho do trombo.

Tratamento

Se o médico diagnostica uma TVP, você deve, imediatamente, ser tratado com medicação anticoagulante, para reduzir o risco tanto de uma embolia pulmonar quanto de síndrome pós-trombótica, uma complicação crônica (de longo prazo) que pode se desenvolver depois da TVP.

Em casos raros, um especialista pode ter que realizar um procedimento minimamente invasivo para reduzir, instantaneamente, a quantidade de coágulos. Isso envolve a inserção de um cateter para injetar medicamentos para dissolução do coágulo diretamente nele, ou associar com cateteres que permitem fragmentar mecanicamente os coágulos.