Doença da artéria carótida

Doença da artéria carótida

Sistemas:CirculatórioProcedimentos:AngiografiaBiopsiaAblaçãoEmbolização em oncologiaEmbolização de hemorragiaMarcação tumoral (pré-operatório)Shunt portossistêmico intra-hepático via transjugularProcedimentos biliaresTécnicas pediátrica de Radiologia Intervecionista

Visão geral

A maior artéria em seu corpo é a aorta. Ela leva sangue a partir do coração para todo o corpo.

As artérias carótidas se estendem a partir da aorta para o cérebro e fornecem sangue para esse órgão. Se você pressionar suavemente ambos os lados de sua traqueia, no pescoço, você pode sentir pulsações das artérias carótidas.

Como qualquer artéria do corpo, as carótidas podem se tornar doentese terem seu interior obstruído parcial ou completamente. O material que é depositado no interior das artérias é chamado de ateroma e é, essencialmente, um depósito de gordura. Ele forma uma placa que, eventualmente, pode fazer com que ocorra um estreitamento da artéria carótida, que é chamado de estenose.

À medida que a placa vai se acumulando, as artérias tornam-se estreitas e endurecem. Esse processo é chamado de aterosclerose e é mais provável de acontecer com o envelhecimento.

Apenas 1% dos adultos com idades de 50 a 59 anos tem estreitamento significativo nas artérias carótidas, mas 10% dos adultos com idades de 80 a 89 anos têm esse problema.

Sintomas

O acúmulo de ateroma na artéria carótida pode causar inúmerosproblemas. Parte do depósito de gordura pode se soltar e viajar na corrente sanguínea para o cérebro. Quando essas partículas obstruem umapequena artéria do cérebro, pode causar um miniacidente vascular cerebral (chamado de ataque isquêmico transitório – AIT). A gravidade do problema causado é difícil de ser prevista e depende de onde o embolo foi parar.

Se essas partículas viajam para o cérebro, pode ocorrer perda da fala, fraqueza, dormência em um braço, ou talvez em um braço e uma perna, em um dos lados do corpo. O lado comprometido do corpo depende de qual artéria carótida causou o problema.

A metade esquerda do cérebro controla o lado direito do corpo, e o lado direito do cérebro controla o lado esquerdo do corpo. Portanto, se as partículas se deslocam da placa na artéria carótida direita e viajam para o lado direito do cérebro, o paciente pode experimentar os sintomas no braço e/ou na perna esquerda.

Para a maioria das pessoas destras, o centro do cérebro de controle de voz está situado à esquerda, desse modo, doença na artéria carótida esquerda pode levar a problemas de fala.

Problemas visuais podem ocorrer como se uma cortina de ferro tivesse caído sobre um dos olhos. Isso acontece porque as partículas viajaram para a artéria que nutre o olho.

Poderão serdetectados os seguintes sintomas:fraqueza; dormência; sensação de formigamento em um dos lados do seu corpo, por exemplo, em um braço ou uma perna; incapacidade de controlar o movimento de um braço ou uma perna; perda de visão em um olho, como se houvesse uma cortina;incapacidade de falar claramente.

Às vezes, os fragmentos obstruem temporariamente o fluxo de sangue no cérebro, ou no olho restaurado, em sintomas temporários.

Se os sintomas desaparecem ao fim de 24 horas, ocorreu um miniacidente vascular cerebral, ou seja, um AIT.

No entanto, esses sintomas não devem ser ignoradose um AIT é um aviso de que você pode estar em risco de ter mais miniacidentes vasculares cerebrais ou um acidente vascular cerebral (AVC)de fato. Esses sintomas devem ser comunicados ao seu médico imediatamente, já que o maior risco parece ser logo após os primeiros sinais.

Se os sintomas não melhorarem dentro de 24 horas, você provavelmente já está com um AVC instalado. Recomenda-se que você contate o seu médico, haja vista que isso pode se repetir e, possivelmente, mais sequelas podem surgir, caso não receba o tratamento adequado.

Diagnóstico

O seu médico irá, primeiramente, perguntar sobre sua saúde geral e história médica, incluindo os fatores de risco, como: se você fuma, com que frequência e há quanto tempo está com os sintomas. Você será submetido a um exame físico e sua pressão arterial pode ser aferida. Você também pode ter que se submeter a um eletrocardiograma (ECG) e a uma radiografia de tórax.

Seu médico também pode usar outras técnicas de imagem, como Dopplerde carótidas, angioressonância magnética, angiografia e tomografia computadorizada.

Tratamento

A primeira estratégia de tratamento é resolver quaisquer fatores de risco que você tenha, como parar de fumar.

Em segundo lugar, você precisa ter uma combinação de medicamentos adequada para você, para evitar mais acúmulo de placa e para tentar estabilizar a placa que já existe.Isso é chamado de tratamento clínico. Você pode ter que tomar medicamentos como aspirina (medicação que atua dificultando a formação de coágulos), estatinas (para reduzir o colesterol) ou inibidores da enzima conversora de angiotensina – ECA (para diminuir a pressão arterial).

A radiologia intervencionista também pode tratar a doença da artéria carótida, usando um procedimento chamado angioplastia, com implante de stentna artéria carótida para mantê-laaberta, impedindo que a placareduza a luz do vaso.

A estenose da carótida pode ser tratada com cirurgia, em uma operação chamada endarterectomia de carótida.